sábado, 23 de abril de 2016

Círculo de Bênçãos da Vida Selvagem



Este ritual foi canalizado pelo Candidato Luiz Carlos Coutinho (Drákos Fos Astéron), inspirado pelo ritual "Outono: Ladainha da Terra", parte do caminho iniciático do Iseum Rosa de Gaia, da Fellowship Of Isis. É com orgulho e muito amor que eu compartilho este rito.

Bênçãos,
Bruno Pythio.

Círculo de Bênçãos da Vida Selvagem


            O Círculo de Bênçãos da Vida Selvagem é um ritual baseado e inspirado no rito que compõe a Espiral do Adepto “Outono: Ladainha da Terra”, da Fellowship of Isis. Tem como objetivo espalhar bênçãos para todos os animais através de oito divindades que se relacionam diretamente com os animais viventes e seus locais de habitação. O Rito é composto por três partes: bênçãos de cura, fortalecimento e proteção aos animais através das Oito Divindades da Vida Selvagem (Hathor, Rhiannon Epona, Sekhmet, Bast, Ártemis, Arachne, Cleito e Poseidon e Pã); bênçãos de cura,  fortalecimento e proteção dos locais onde habitam através do deus Cernunnos e da deusa Gaia e pedido de bênçãos e guia dos animais que já morreram para a Terra do Verão e renascimento através das deusa Hécate.

Bênçãos de Cura, Fortalecimento e Proteção aos Animais
            Invocando Rhiannon Epona: Eu invoco a Deusa Rhiannon Epona, a Égua Sagrada, Senhora dos cavalos, dos pássaros e seres das florestas.
Bênção: Abençoados sejam, em nome de Rhiannon Epona, a Égua Branca, todos os pássaros, equinos e todos aqueles com cascos. Que seu brilho ilumine o caminho de cada um.
Invocando Bast: Eu invoco Bast, a Deusa Gata, Senhora dos animais que habitam a noite e de beleza única.
Bênção: Abençoados sejam, em nome de Bast, A Bela Felina, todas as criaturas da noite, temidas e adoradas, rastejantes, voadoras ou de quatro patas. Que sua beleza habite em cada um.
Invocando Hathor: Eu invoco Hathor, a Senhora Nutridora, Rainha da vida e da morte, possuidora do leite sagrado.
            Bênção: Abençoados sejam, em nome de Hathor, a Vaca Dourada, todos os animais habitantes nesta Terra. Que seu leite nutritivo possa nutrir cada um, trazendo força, poder e vida.
            Invocando Pã: Eu invoco Pã, o Rei das Florestas, Senhor da Alegria, Músico Sublime e protetor de todos os animais.
            Bênção: Abençoados sejam, em nome de Pã, o Senhor dos Bosques, todos os animais que andam em rebanhos, de cascos e chifres, bem como cada habitante de cada floresta existente. Que sua alegria, sua música e seu poder habitem cada um.
Invocando Sekhmet: Eu invoco Sekhmet, a Deusa do Meio Dia, Senhora da vingança, protetora de todas as fêmeas.
            Bênção: Abençoados sejam, em nome de Sekhmet, A Leoa Solar, todas as criaturas selvagens que não podem ser domesticadas pelo homem. Que sua garra e força habite em cada um.
Invocando Ártemis: Eu invoco Ártemis, a Deusa da Lua, Senhora dos Raios de Prata, aquela que ostenta arco e flecha e protege todos os animais do mundo.
            Bênção: Abençoados sejam, em nome de Ártemis, a Senhora da Vida Selvagem, todos os animais com chifres e cascos, todos os selvagens e indomáveis, aqueles que habitam as florestas, campos, rios e cachoeiras. Que a força e o poder da Lua ilumine e habite cada um.
            Invocando Cleito e Poseidon: Eu invoco Cleito e Poseidon, Rei e Rainha de Atlantis, Regentes do Oceano, protetores da vida marinha.
            Bênção: Abençoados sejam, em nome de Cleito e Poseidon, Rei e Rainha de Atlantis, todos os animais aquáticos, todos que habitam os oceanos, desde os abismos até os corais. Que o poder, mistério e força do mar estejam em cada um.
Invocando Arachne: Eu invoco Arachne, a Senhora da Noite, Rainha das Aranhas e senhora da tecelagem.
            Bênção: Abençoados sejam, em nome de Arachne, a Donzela Tecelã, todos os animais chamados de horripilantes, feios e desprezados, todos os insetos, animais rastejantes e os que habitam dentro da Terra. Que sua inteligência e habilidades sejam norte para cada um.

Bênção principal: Que todas as bênçãos das oito divindades da vida selvagem cheguem a cada um dos animais habitantes da Terra, trazendo cura, fortalecimento e proteção a cada um deles. Que assim seja, assim se faça.
Permitir que o trabalho de cura, fortalecimento e proteção para os animais se faça, bem como realizar os trabalhos de bênçãos para os animais que por ventura compõem o círculo ou que necessitam de cura e bênçãos à distância.

Bênçãos de Cura, Fortalecimento e Proteção dos locais onde habitam
            Invocando Cernunnos: Eu invoco Cernunnos, Senhor das Florestas, Deus dos Animais, eterno amante da Deusa. Venha e traga suas bênçãos para todos os animais do mundo.
Invocando Gaia: Eu invoco Gaia, a Terra por excelência, Senhora da Vida, Deusa Mãe de todos os animais. Venha e traga suas bênçãos de cura, proteção e acolhimento para todos os animais do mundo.
Bênção: Eu peço a todas oito divindades da vida selvagem, bem como a Cernunnos e Gaia, que possam abençoar cada local onde os animais desta Terra habitam. Que cada floresta, montanha, mar, rio, pântano, deserto, geleira, cidades e meio urbano possam ser curados, abençoados e protegidos. Que assim seja, assim se faça!
Permitir que o trabalho de cura, fortalecimento e proteção para as moradas dos animais se faça, bem como realizar os trabalhos de bênçãos para estes locais que precisam de cura e bênçãos, enviando estas energias específicas à distância.

Pedido de Bênçãos e Guia dos Animais que já morreram
            Invocando Hécate: Eu invoco Hécate, Deusa da Morte, Senhora do Submundo e Rainha da Noite Eterna. Venha com sua tocha em uma mão e sua trívia na outra, para nos mostrar que é a grande conhecedora dos limites entre os mundos e que guiará todos os animais que fizeram a passagem para a Terra do Verão.
            Pedido: Eu peço para Hécate, Soberana no céu, na terra e no mar, que possa guiar todos os animais que fizeram sua passagem, perdidos ou não, para a Terra do Verão. Que sua tocha iluminadora guie todos pelos teus caminhos de luz e que sua trívia aponte o caminho certo em direção ao renascimento. Poderosa Hécate, que você possa guiar cada animal com amor e carinho! Que assim seja, assim se faça.
            Permitir que o trabalho de bênção e guia para os animais que fizeram a passagem se faça, bem como pedir bênçãos para todos os animais que já partiram e temos notícia, para os que partiram recentemente e conhecemos.

Bênção Individual Diária
Fazer o sinal do Ankh com as mãos no animal e dizer: Abençoado seja, em nome das oito divindades da vida selvagem e em nome da Mãe Terra. Que assim seja, assim se faça.

Encerramento e Agradecimentos

“Obrigado a todos os Deuses e Deusas que estiveram presentes hoje, realizando este ritual em prol dos irmãos e irmãs animais, vivos e mortos, e seus locais de moradia. Obrigado as oito divindades da vida selvagem: Hathor, Rhiannon Epona, Sekhmet, Bast, Ártemis, Arachne, Cleito e Poseidon e Pã por terem estado neste ritual, abençoando, curando, fortalecendo e protegendo os animais. Obrigado a Cernunnos e a Gaia por terem estado neste ritual, abençoando, curando, fortalecendo e protegendo as moradas de cada animal. Obrigado, Hécate, por ter estado neste ritual, abençoando, guiando e protegendo todos os animais que já fizeram sua passagem e estão a caminho da Terra do Verão para então, renascerem. Eu agradeço e espero reencontrá-los em breve, para celebrar novamente com meus irmãos e irmãs. Feliz encontro, feliz partida e feliz reencontro.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário