terça-feira, 3 de maio de 2016

Ritos da Espiral do Adepto - Traduções.



É com muito orgulho e alegria que o Iseum Rosa de Gaia anuncia que os Ritos da Espiral do Adepto da Irmandade de Isis/Fellowship of Isis estão todos traduzidos e revisados!
Alguns ritos seguem com o guia de estudos que é a metodologia do Iseum Rosa de Gaia e que pode ser incorporado na prática de cada um (ou não). 
Caso algum erro tenha passado despercebido, o que pode acontecer naturalmente, peço a gentileza de que me avisem para que eu possa corrigir. 
Agora todos os Iseums da Irmandade de Isis podem utilizar-se dos ritos traduzidos e criar seu próprio esquema de orientação!
Vamos juntos honrar a Deusa! 

O Link do Google docs para que os ritos possam ser baixados: https://drive.google.com/open?id=0B9gwUp_6wrrkX3lOZXlPN3E1TDg


segunda-feira, 2 de maio de 2016

ORÁCULO DA DEUSA MORRIGAN

ORÁCULO DA DEUSA MORRIGAN



Sacerdotisa: Deusa Tríplice que és Donzela e Rainha e Encantadora, Esposa vestida de Vermelho de Dagda, Deus Flamejante de Marte. Gralha Profeta do rio da vida e morte que flui sob os Seus pés. Venha a nós com o Teu Poder.

Oráculo: Busque os dons proféticos e tudo o mais será a você entregue. Pois em meu Futuro reside meu passado e meu presente. Já que o Grande contém o Pequeno e na Minha idade avançada reside Minha juventude e Minha Realeza. Segurar a Espada do Governador é bom, mas é a sabedoria que declara como a Espada deve ser usada. E é a compaixão da Virgem que banha a espada. O Vazio da bainha contém a espada, como o útero da Mãe abriga o Guerreiro Real. Então se você quer ser Grande, olhe pra si mesmo no futuro, pois é lá que você estará completo e no controle de suas muitas partes. E o Conhecimento-prévio ensina lições sobre a Desgraça, as conseqüências inevitáveis da causa e efeito, o resultado do bem e do mal, ensina a trilhar um caminho virtuoso e honrável na vida. O Conhecimento de Meu segredo da Morte Súbita traz a compreensão de sua própria imortalidade. Meu Pé Direito está firme na terra enquanto eu me firmo sobre o rio que divide Vida e Morte. E Meu Pé Esquerdo está enraizado na Terra dos Sidhe e do mundo dos espíritos, no entanto Eu sou sempre a mesma.
Se você Me ver em Minha inocência, em minha juventude lavando as roupas de todas as manchas e pesares, não se amedronte, mas cruze o rio pelas pedras que eu coloco para o outro mundo onde Eu sou Rainha. Contudo eu sou Esposa e Mãe, e desejo que a terra seja repleta de Minhas crianças.
Mas quando eu aparecer para você como A Antiga, sua Iniciação se aproxima. Então você também sentira meu Fogo Interno e profetizará! E as pessoas irão fugir de você assim como fogem de Mim, pois as crias dos homens temem os encantamentos mais do que temem a dor ou a morte. Mas para você, encantamentos irão te fazer brotar o melhor de ti, que é imortal. Lembre-se: Meu mensageiro é a Gralha Negra e Azul.

Urania, Magia Cerimonial da Deusa
Irmandade de Isis, Liturgia por Olivia Robertson
Tradução por Bruno Pythio
Iseum Rosa de Gaia
Parte III. Magia Planetária
Magia de Marte e Morrigan
Ritual no. 6

sábado, 23 de abril de 2016

Círculo de Bênçãos da Vida Selvagem



Este ritual foi canalizado pelo Candidato Luiz Carlos Coutinho (Drákos Fos Astéron), inspirado pelo ritual "Outono: Ladainha da Terra", parte do caminho iniciático do Iseum Rosa de Gaia, da Fellowship Of Isis. É com orgulho e muito amor que eu compartilho este rito.

Bênçãos,
Bruno Pythio.

Círculo de Bênçãos da Vida Selvagem


            O Círculo de Bênçãos da Vida Selvagem é um ritual baseado e inspirado no rito que compõe a Espiral do Adepto “Outono: Ladainha da Terra”, da Fellowship of Isis. Tem como objetivo espalhar bênçãos para todos os animais através de oito divindades que se relacionam diretamente com os animais viventes e seus locais de habitação. O Rito é composto por três partes: bênçãos de cura, fortalecimento e proteção aos animais através das Oito Divindades da Vida Selvagem (Hathor, Rhiannon Epona, Sekhmet, Bast, Ártemis, Arachne, Cleito e Poseidon e Pã); bênçãos de cura,  fortalecimento e proteção dos locais onde habitam através do deus Cernunnos e da deusa Gaia e pedido de bênçãos e guia dos animais que já morreram para a Terra do Verão e renascimento através das deusa Hécate.

Bênçãos de Cura, Fortalecimento e Proteção aos Animais
            Invocando Rhiannon Epona: Eu invoco a Deusa Rhiannon Epona, a Égua Sagrada, Senhora dos cavalos, dos pássaros e seres das florestas.
Bênção: Abençoados sejam, em nome de Rhiannon Epona, a Égua Branca, todos os pássaros, equinos e todos aqueles com cascos. Que seu brilho ilumine o caminho de cada um.
Invocando Bast: Eu invoco Bast, a Deusa Gata, Senhora dos animais que habitam a noite e de beleza única.
Bênção: Abençoados sejam, em nome de Bast, A Bela Felina, todas as criaturas da noite, temidas e adoradas, rastejantes, voadoras ou de quatro patas. Que sua beleza habite em cada um.
Invocando Hathor: Eu invoco Hathor, a Senhora Nutridora, Rainha da vida e da morte, possuidora do leite sagrado.
            Bênção: Abençoados sejam, em nome de Hathor, a Vaca Dourada, todos os animais habitantes nesta Terra. Que seu leite nutritivo possa nutrir cada um, trazendo força, poder e vida.
            Invocando Pã: Eu invoco Pã, o Rei das Florestas, Senhor da Alegria, Músico Sublime e protetor de todos os animais.
            Bênção: Abençoados sejam, em nome de Pã, o Senhor dos Bosques, todos os animais que andam em rebanhos, de cascos e chifres, bem como cada habitante de cada floresta existente. Que sua alegria, sua música e seu poder habitem cada um.
Invocando Sekhmet: Eu invoco Sekhmet, a Deusa do Meio Dia, Senhora da vingança, protetora de todas as fêmeas.
            Bênção: Abençoados sejam, em nome de Sekhmet, A Leoa Solar, todas as criaturas selvagens que não podem ser domesticadas pelo homem. Que sua garra e força habite em cada um.
Invocando Ártemis: Eu invoco Ártemis, a Deusa da Lua, Senhora dos Raios de Prata, aquela que ostenta arco e flecha e protege todos os animais do mundo.
            Bênção: Abençoados sejam, em nome de Ártemis, a Senhora da Vida Selvagem, todos os animais com chifres e cascos, todos os selvagens e indomáveis, aqueles que habitam as florestas, campos, rios e cachoeiras. Que a força e o poder da Lua ilumine e habite cada um.
            Invocando Cleito e Poseidon: Eu invoco Cleito e Poseidon, Rei e Rainha de Atlantis, Regentes do Oceano, protetores da vida marinha.
            Bênção: Abençoados sejam, em nome de Cleito e Poseidon, Rei e Rainha de Atlantis, todos os animais aquáticos, todos que habitam os oceanos, desde os abismos até os corais. Que o poder, mistério e força do mar estejam em cada um.
Invocando Arachne: Eu invoco Arachne, a Senhora da Noite, Rainha das Aranhas e senhora da tecelagem.
            Bênção: Abençoados sejam, em nome de Arachne, a Donzela Tecelã, todos os animais chamados de horripilantes, feios e desprezados, todos os insetos, animais rastejantes e os que habitam dentro da Terra. Que sua inteligência e habilidades sejam norte para cada um.

Bênção principal: Que todas as bênçãos das oito divindades da vida selvagem cheguem a cada um dos animais habitantes da Terra, trazendo cura, fortalecimento e proteção a cada um deles. Que assim seja, assim se faça.
Permitir que o trabalho de cura, fortalecimento e proteção para os animais se faça, bem como realizar os trabalhos de bênçãos para os animais que por ventura compõem o círculo ou que necessitam de cura e bênçãos à distância.

Bênçãos de Cura, Fortalecimento e Proteção dos locais onde habitam
            Invocando Cernunnos: Eu invoco Cernunnos, Senhor das Florestas, Deus dos Animais, eterno amante da Deusa. Venha e traga suas bênçãos para todos os animais do mundo.
Invocando Gaia: Eu invoco Gaia, a Terra por excelência, Senhora da Vida, Deusa Mãe de todos os animais. Venha e traga suas bênçãos de cura, proteção e acolhimento para todos os animais do mundo.
Bênção: Eu peço a todas oito divindades da vida selvagem, bem como a Cernunnos e Gaia, que possam abençoar cada local onde os animais desta Terra habitam. Que cada floresta, montanha, mar, rio, pântano, deserto, geleira, cidades e meio urbano possam ser curados, abençoados e protegidos. Que assim seja, assim se faça!
Permitir que o trabalho de cura, fortalecimento e proteção para as moradas dos animais se faça, bem como realizar os trabalhos de bênçãos para estes locais que precisam de cura e bênçãos, enviando estas energias específicas à distância.

Pedido de Bênçãos e Guia dos Animais que já morreram
            Invocando Hécate: Eu invoco Hécate, Deusa da Morte, Senhora do Submundo e Rainha da Noite Eterna. Venha com sua tocha em uma mão e sua trívia na outra, para nos mostrar que é a grande conhecedora dos limites entre os mundos e que guiará todos os animais que fizeram a passagem para a Terra do Verão.
            Pedido: Eu peço para Hécate, Soberana no céu, na terra e no mar, que possa guiar todos os animais que fizeram sua passagem, perdidos ou não, para a Terra do Verão. Que sua tocha iluminadora guie todos pelos teus caminhos de luz e que sua trívia aponte o caminho certo em direção ao renascimento. Poderosa Hécate, que você possa guiar cada animal com amor e carinho! Que assim seja, assim se faça.
            Permitir que o trabalho de bênção e guia para os animais que fizeram a passagem se faça, bem como pedir bênçãos para todos os animais que já partiram e temos notícia, para os que partiram recentemente e conhecemos.

Bênção Individual Diária
Fazer o sinal do Ankh com as mãos no animal e dizer: Abençoado seja, em nome das oito divindades da vida selvagem e em nome da Mãe Terra. Que assim seja, assim se faça.

Encerramento e Agradecimentos

“Obrigado a todos os Deuses e Deusas que estiveram presentes hoje, realizando este ritual em prol dos irmãos e irmãs animais, vivos e mortos, e seus locais de moradia. Obrigado as oito divindades da vida selvagem: Hathor, Rhiannon Epona, Sekhmet, Bast, Ártemis, Arachne, Cleito e Poseidon e Pã por terem estado neste ritual, abençoando, curando, fortalecendo e protegendo os animais. Obrigado a Cernunnos e a Gaia por terem estado neste ritual, abençoando, curando, fortalecendo e protegendo as moradas de cada animal. Obrigado, Hécate, por ter estado neste ritual, abençoando, guiando e protegendo todos os animais que já fizeram sua passagem e estão a caminho da Terra do Verão para então, renascerem. Eu agradeço e espero reencontrá-los em breve, para celebrar novamente com meus irmãos e irmãs. Feliz encontro, feliz partida e feliz reencontro.”

terça-feira, 19 de abril de 2016

Dedicação de um Altar à Gaia



Em comemoração ao Dia da Terra, dia 22 de abril o Iseum Rosa de Gaia convida a todos os seus membros e amigos a realizarem o rito "Dedicação de um Altar a Gaia", parte do trabalho do Iseum pela Irmandade de Isis/Fellowship of Isis.

https://drive.google.com/file/d/0B9gwUp_6wrrkcUZvSWQxamt5UEU/view?usp=sharing

DEDICAÇÃO DE UM ALTAR À GAIA
Ritual número 1

ORÁCULO DA DEUSA GAIA

O altar é o coração de um cômodo, de um apartamento, de uma casa. Sua chama eterna sempre foi mantida pela senhora da casa. Se não existe nenhuma senhora, um homem é quem cuida e mantém a chama acessa em nome da Deusa. A chama não precisa estar necessariamente acessa todo o tempo. É mais uma luz psíquica, uma vez dedicada, sempre estará lá. É a chama de Vesta. Se não tiver nenhum lugar para estabelecer um altar, este pode ser no quarto do devoto ou mesmo na sala de estar, os objetos sagrados então deverão ser guardados em um baú.

No altar, que deverá ser uma mesa ou um suporte, coloque uma imagem da Deusa. Em cada lado coloque uma vela, um recipiente com água, uma planta ou um pouco de terra. Deixe incensos queimando e uma outra vela acesa. Se estiver com outras pessoas, estas poderão contribuir com a oferenda aos elementos.
Invocação à Gaia
  
Devoto: Grande mãe e Senhora de tudo o que foi, é e será. Corpo no qual a vida cresce fértil e completa, os rios que correm em seu corpo alimentam a vida e fluem em harmonia com o movimento do cosmos, assim como todos os mistérios, ritmo e experiência são abençoados pela sua graça e sua eterna e infinita luz e amor.
Oráculo

Saiba que aquele que procura por mim pode sempre me encontrar no punhado de tera que está em tudo e sustenta tudo, pois EU estou sempre em tudo, Sou completa e perfeita. Dentro de seu corpo meus rios fluem – Sangue, lágrimas, suor e leite. Na sua carne está toda a manifestação e potencial da vida. Dentro do seu ser são mantidos os mistérios e poderes, os quais são desconhecidos a ti, vida e morte acontecendo simultaneamente o tempo todo, pois seu corpo é o meu corpo e através do seu corpo você pode se conectar comigo e vir a mim. Dentro de ti eu cuido de tudo, a dinâmica e harmonia da existência.  Mas saiba que se do meu útero brota a vida, pelos rios da morte ela deve fluir. Através do caldeirão dos mistérios tudo se transforma, tudo retorna. Procure pela minha sabedoria em seu corpo: Seu fôlego se movimenta em sincronia com o meu, contraindo e se expandindo, assim como o meu útero dando a luz. O sangue que corre em seu corpo, limpando o seu corpo, assim como as águas que fluem dentro da terra, os lençóis freáticos. Seu coração sempre pulsante que te anima, é como o meu núcleo, cheio de magma, calor e luz. Em mim nunca há fome, em mim nunca há a necessidade. Honre e respeite o seu corpo, pois é seu instrumento e meio para me conhecer, assim como um punhado de terra nunca é a terra por inteiro, mas parte dela. Um dia você deverá retornar a ela e conferir-la o potencial de vida. Mas lembre-se: Para que o novo seja criado, o velho precisa esvanecer. A semente precisa morrer para dar lugar a árvore, a gota de chuva precisa se tornar o oceano. Deixe que a mudança e a renovação sejam bênçãos em sua vida, pois o movimento é a essência da vida, a minha essência. Por essa transformação dias nascem e morrem, a lua muda e os anos passam. Essa é a minha sabedoria, tudo está em tudo.

Canto:Gaia- Gaia- Gaia.

 (Devoto coloca uma mão sobre o recipiente com água, então o levanta em frente ao altar e respinga um pouco dela sobre a pedra ou punhado de terra.)

Devoto: Aceita, Oh Deusa, essa água. Que as minhas emoções serenas reflitam o divino propósito, para que esse altar seja abençoado pelo Teu Espelho. 
 (Devoto oferece incenso em frente ao altar até a fumaça subir)

Devoto: Aceita, Oh Deusa, esse incense. Que a vontade faça a sua parte nos planos divinos. Para que este altar ganhe vida pelo fogo que queima em seu interior. Graças são dadas à Gaia, para que este altar seja abençoado pela Sua graça.
(Devoto coloca um pouco de água em movimento circula entre as sobrancelhas.)

Devoto: Que me seja dada Inspiração!
Agora o devoto, senta e fecha os olhos, deixe que Gaia conduza a meditação, deixe que Ela te leve para o centro da terra e te abençoe com sua Graça e Amor. Energias de cura são enviadas para a cura do Planeta Terra.

Devoto: Salvadora Imortal, de muitos nomes, Grande Gaia! Protetora de mães, filhos e famílias, conselheira e profetisa! Que as suas bênçãos se estendam a todos aqueles que amo e a todo o planeta. Que seus conselhos me guiem e orientem no caminho árduo da vida ao qual agora confio a Ti grande e sábia Senhora da vida e da morte. Que seu amor cure (Devoto levanta as mãos e fala os nomes dos entes queridos e amigos amados que deseje que receba as energias de amor e harmonia) Em nome de Gaia, que todos os seres sejam abençoados, anjos e humanos, animais e pássaros, répteis, peixes, insetos, árvores e plantas e todos os elementos. (Devoto respinga um pouco de água no chão) Gaia eu te agradeço pelas bênçãos que me garante, após este rito eu volto para minha vida mundana repleto com o seu amor e com a consciência de que aqueles que rezam a ti serão sempre prósperos e bem nutridos pela sua força e amor.


 (Devoto apaga as velas, coloca um pouco de água entre as sobrancelhas, fazendo movimento anti-horário. A água abençoada pode ser guardada para visões e para cura. Mesmo uns segundos de silêncio com a ajuda da visão podem trazer comunhão com a Deusa e harmonia com seus amigos. Agora dance, deixe a energia da Deusa tomar conta de ti!)

segunda-feira, 21 de março de 2016

Oráculo da Deusa Ísis e do Deus Osíris

MARÇO 2016
ORÁCULO: A Deusa Ísis e o Deus Osíris
LIVRO: "Psyche, Jornadas Mágicas da Deusa"
POR: Olivia Robertson
*Tradução Livre por Toriom Freyr – Sacerdote da FOI no Brasil

(Por favor, note o link de áudio no final) *em inglês



INVOCAÇÃO:
Eu te invoco, nossa amada Mãe, Deusa das estrelas. Tu que és a alada filha de Nuit da Via Láctea - Isis – aquela que segura a estrela Sírius em tuas mãos, traga-nos mais uma vez o amor que nós desfrutamos quando estávamos contigo e com aqueles que eram nossos parentes. Procuramos nossas almas gêmeas perdidos, separados de nós pelo tempo e espaço. Como você e seu Divino irmão Osíris são Um, que possamos ser Um com nossos próprios gêmeos em Divina Realidade. Que a Deusa Isis nos conceda Seu Oráculo!

ORÁCULO DE ÍSIS:
Minhas queridas crianças, vocês por muito tempo buscam pelo o que vocês já possuem! Vocês estão sempre no meu coração. Sinta minha presença em cada brisa, no fluir da água, em flashes repentinos de alegria. No fundo de seu coração está uma imagem do seu Gêmeo Imortal. Portanto, quando eu como mulher procurei por Osíris, o meu marido na terra, mesmo ele como Deus e Irmão Gêmeo, estava sempre em meu coração, despercebido por mim quando eu lamentava sua perda. Muitos são duplos, alguns solitários, e outros brilham em grupos. No entanto, todos formam uma harmonia de amor que faz uma rede de arco-íris de cor e som por toda parte do cosmos. Procure pelo que você necessita, pelo amor ideal, mas na sua busca incansável não pise descuidadamente em um besouro - pois ele é Kephera, que carrega o Sol escondido! Apiede-se da angústia de um animal pego em uma armadilha - Anúbis sofre como raposa e na forma Divina de cachorro. Como Ervas daninhas vocês endurecem Osíris, Deus da Vegetação.

Quando vocês aprendem a reconhecer a divindade em todos os seres, suas recompensas serão inesperadas! Vocês vão encontrar a sua própria família espiritual, seu gêmeo perdido, a seu próprio Self. A busca árdua, o sofrimento, a solidão, formam parte do crescimento de uma humanidade mais nobre. Para saber a tarefa de uma nova humanidade, volte-se para o meu irmão divino, Osíris! Minha filha, eu venho a você como uma luz atrás de você. Encare o Deus Osíris e receba seu Oráculo.

ORÁCULO DE OSÍRIS:
O objetivo é claro, o julgamento iminente. À humanidade foi dada a tarefa de proteger e fomentar o desenvolvimento de todas as espécies na Terra. Em vez de proteger, vocês tem explorado as criaturas confiadas aos seus cuidados. Qual é a coragem em matar animais selvagens com excelentes armas. Alguns de vocês tem prazer em matar pássaros e a maioria de vocês devora as carcaças de animais, pássaros e peixes, embora a sua adequada alimentação seja de grãos, castanhas e ervas. Eu sou o Osíris verde. Através da ganância vocês tem poluído o ar e nascentes, rios e oceanos. Então vocês ameaçam toda a vida na terra. Eu sou o Osíris azul do ar e da água. Vocês envenenam o seu próprio alimento com produtos químicos. Eu sou Osíris do grão, aquele que morre na colheita, que espalha grãos sobre a terra, e eu sou a ressurreição: Eu renasço na Primavera.

Ouçam bem. A paciência das Divindades não é para sempre. Nós percebemos o sofrimento dos animais, pássaros, répteis e insetos da Terra, o aniquilamento de espécies inteiras. Lamentamos a destruição das florestas tropicais. Há aqueles de vocês que estão formando uma nova humanidade e que acatam a Voz Divina. Espalhem esta mensagem. Façam a humanidade mudar suas maneiras antes que seja tarde demais. Saibam que eu sou Osíris o Juiz. Eu julgo a capacidade da humanidade em permanecer sobre a terra. Se esta for uma escolha entre os humanos e o resto da natureza, A Natureza deve ser preservada.

A tarefa da nova humanidade será a de curar as lesões da terra e restaurar a natureza em sua beleza. Eu sou Osíris da voz interior da Consciência. Meu coração está em Abydos, a morada do Amor. Como Isis e eu somos Um, seja você Um com a Natureza. Então todos vocês deverão brilhar como estrelas.

AUDIO: (arquivo mp3 / 3.25 mb / 7:00 mins)
Ouça a Olivia Robertson dar os Oráculos:
http://www.fellowshipofisis.com/sounds/or_isisosiris_oracles.mp3

(C) Todos os direitos reservados
http://groups.yahoo.com/group/Fellowship_of_Isis_Oracles
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Nota: Oráculos e arquivos de áudio são protegidos por direitos autorais. Por favor, mantenha este aviso, bem como o copyright acima e o link do Yahoo intacto quando compartilhar. Obrigado.

terça-feira, 6 de outubro de 2015

Correspondência da Estrela de Ishtar e o Dragão Tiamat nos Lyceums

Correspondência da Estrela de Ishtar e o Dragão Tiamat
Ritos dos Degraus Mágicos 
Lyceums da Irmandade de Isis

Os ritos e as correspondências da Estrela de Ishtar servem como um parâmetro norteador ao Adepto para planejar de que maneira vai trilhar e realizar o trabalho dentro do Lyceum. A Irmandade de Isis encoraja a espontaneidade e criatividade do Adepto para seguir os ritos que sua intuição lhe orientar.
Alguns Lyceums tem currículos pré-estabelecidos, que devem ser respeitados pelo Adepto, o que não excluí de em paralelo serem realizados os outros ritos com a orientação de um Hierofante ou Hierofanta.


quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Fundando um Iseum na Fellowship Of Isis/Irmandade de Isis.


Iseums na Fellowship of Isis/Irmandade de Isis

Um Iseum é uma “Fornalha da Deusa” de onde os membros retiram força, amor e inspiração. Um Iseum pode oferecer serviços ligados a espiritualidade, ritos sazonais entre outros trabalhos para a comunidade. Cada Iseum tem sua própria magia, sua própria Divindade e é dedicado a uma Deusa (Ou uma Deusa e um Deus). Um Iseum pode ser composto de um ou mais membros e seus membros podem praticar ou seguir qualquer outra religião ou caminho espiritual.
Cada Iseum tem seu propósito único, inspirado pela Divindade que o abençoa. Alguns dos objetivos podem ser (mas não estão limitados á): trabalhos de cura, celebrar as estações do ano, trabalhos ambientais, honra a um determinado panteão, trabalhos xamânicos, celebração de rituais, orientação no Sagrado Feminino/Masculino, estudos da cultura local, cuidado com os animais/Ativismo, entre outras diversas práticas espirituais. A intenção do Iseum quem provê é a Deusa para o fundador do Iseum, este propósito pode mudar conforme o tempo e evoluir.

Um Iseum pode também orientar e oferecer treino de Sacerdotes se o fundador/orientador for já ordenado Sacerdote dentro da FOI, bem como pode oferecer trabalhos Alquímicos se o orientador foi um Alquimista Solar ordenado. Num geral, os Adeptos dentro da Espiral do Adepto treinam outras pessoas nos níveis iniciantes da Espiral, que podem ser feitos pessoalmente ou a distancia, mas somente através de um Iseum da FOI.

Fundando e gerenciando um Iseum:
Todo membro da Irmandade de Isis pode fundar um Iseum. O fundador não precisa ser um Sacerdote da FOI, no entanto é recomentado que este esteja familiarizado com a FOI e sua liturgia sendo um membro ativo da comunidade por tempo significativo. Somente outro fundador de Iseum pode levar um membro a fundar um Iseum novo.

O Fundador do Iseum precisa ter recebido o título de Adepto dentro da Irmandade de Isis, o que o leva a orientar outras pessoas a receber o mesmo título. Sacerdotes ordenam outros sacerdotes e Hierofantes ordenam outros Hierofantes.


Iniciação num Iseum:
A iniciação dentro de um Iseum da FOI é dada através do rito “Flamma Vestae”, presencial ou a distancia através de sintonização energética. Com este rito o candidato se torna um membro do Iseum, o que é opcional. Um candidato pode seguir seus estudos dentro de um Iseum sem que seja um membro deste. Membros de um Iseum serão convocados a participar de ritos da Irmandade de Isis ou a realizar algum trabalho espiritual que envolve o Iseum sempre que necessário.

O currículo do Iseum:
Um Iseum pode mesclar os ritos da liturgia da FOI com outros ensinamentos ou práticas (desde que estas práticas esteja alinhadas com os valores da Irmandade de Isis), quem intui essas práticas é a própria Deusa que vai orientar o trabalho que necessita ser explorado através do Iseum. Cabe ao fundador do Iseum se sintonizar com este trabalho ou procurar outra divindade com um trabalho mais compatível. A FOI valoriza muito a criatividade do currículo, pois reflete o caráter democrático da Irmandade frente ao programa de treinamento. O único fator em comum entre Iseums é que todo currículo tem base na Liturgia da FOI, que foi inspirado por Isis através de Olivia Robertson, co-fundadora da FOI.
O primeiro rito de cada Iseum é o “Dedicação a um altar” que deve ser adaptado do rito original “Dedicação de um altar a Isis” para que se torne um altar dedicado a divindade que orienta o Iseum – no caso do Iseum Rosa de Gaia, o rito é “Dedicação de um altar á Gaia” – partindo disto, a ordem dos ritos deve seguir o programa inspirado pela divindade ou de maneira que o candidato escolher.

Orientando e registrando um novo Adepto:
Um Adepto pode ser treinado e orientado por outro Adepto dentro da FOI, o título de adepto é entregue depois que o candidato atingiu os requisitos do Iseum (o mínimo de 4 ritos realizados é a base, isso pode ser alterado para mais ritos, nunca para menos), o rito que garante este título é chamado de “Consagração do Adepto”, que pode ser realizado pessoalmente ou a distancia.

Um certificado pode ser entregue conforme for necessário, se o Adepto quiser fundar um Iseum, este deve ser registrado na Central da FOI com a ajuda do Iseum que o consagrou.

Os níveis iniciantes da Espiral do Adepto:
Em 1999, Olivia Robertson criou a espiral do Adepto e os Níveis Iniciantes. O Anúncio foi feito na edição “Brigantia 2000” no site Isean News.
Os níveis iniciantes são oferecidos para aqueles que querem seguir um caminho diferente que não seja necessariamente o Sacerdócio ou entrar num Lyceum, seguindo os degraus mágicos, mas mesmo assim tenham ouvido o chamado da Deusa para servir de alguma maneira.

Olivia Robertson escreve no Manual do Iseum (ed. 2003):
“A Espiral é a forma básica da galáxia, espirais giram dentro de nossos corpos, é o círculo em movimento, crescendo e diminuindo [...] Nem todos dentro da Irmandade de Isis querem ter o título de mago ou sacerdote, querem seguir os degraus da pirâmide ou serem iniciados, mas de sua própria maneira querem servir a Deusa num espaço que lhes seja legitimo com uma liturgia organizada e criativa. Os trabalhos espirituais dentro de um Iseum são oferecidos pautados em revelações e não informações.”

“Espiral do Adepto foi inspirada pela imaginação de membros que não queriam a rigidez do zodiaco, eles queriam relacionar Orion e Sirius e Ursa Maior – as constelações fora do zodíaco – ao invés de seguir o programa clássico, eles queriam curtir a jornada. Queriam poder celebrar os festivais pagãos praticados por milhares de anos sem ter que estar ligado a uma religião específica. Até hoje nada parecido foi criado de tão espontâneo e livre. Se o Colégio de Isis se conecta com o Sol e Mercúrio, a Espiral do Adepto se movimenta num ritmo próprio pelo céu, enche e esvazia e é tão misteriosa quanto um gato”

A Teia Cósmica

Os níveis iniciantes:
Existem 33 ritos na Espiral do Adepto, 32 deles são orientados pela liturgia da FOI e o 33º é uma revelação espontânea, despertada de maneira individual entre Deusa e candidato que pode acontecer a qualquer momento, como uma epifânia. Cada Iseum pauta seu programa nestes ritos, que culminam na realização dos rituais da liturgia, sempre. Os ritos são baseados nas 33 interseções criadas pela estrela de 8 pontas de Ishtar e o enrolar do Dragão de Tiamat .

Sob a tutela de um orientador, o candidate pode escolher seguir o curso de estudo proposto pelo Iseum ou realizar os ritos na ordem que mais lhe convir. A evolução dentro da Espiral é pessoal e pode levar meses ou anos. O numero de ritos que o candidato realiza e os títulos que eventuamente ele vai receber ao longo de sua jornada pela Estrela de Ishtar em momento algum o colocam como superior a outros membros dentro da Irmandade. Todos os membros tem igual valor, honra e privilégios. Os títulos fazem referencia ao seu caminho dentro da FOI e denotam o trabalho que o membro oferece para a comunidade.

Retirado do site:

http://www.fellowshipofisis.com/